A OMS

A OMS organizou uma reunião de peritos em Genebra para deliberar sobre as primeiras diretrizes de sempre relativas aos testes, ao cuidado e ao tratamento da hepatite B, direcionadas principalmente para países de recursos limitados. A Aliança participou para representar a comunidade de pessoas que vive com hepatite B em todo o mundo. Um dos desafios do desenvolvimento das diretrizes é a ausência de evidências fortes, em parte porque muitos dos resultados, como a redução do cancro hepático, apenas podem ser vistos a longo prazo. As diretrizes devem ser publicadas antes do final deste ano e serão um guia importante para os países sobre quem tratar, quando tratar e com que medicamentos.